Sobre nós

        A história da Fraternidade Espírita Amor & Caridade é o resultado da persistência de Osmar Barbosa que, sob o amálgama do amor, materializou e edificou essa seara de luz. Uma história de muitos desafios, onde prevaleceu a determinação do médium e escritor, que soube concretizar na matéria, o que seus mentores havia plasmado nas esferas espirituais.

       Quando voltamos no tempo para o dia de 29 de Junho de 1986, encontramos as premissas básicas de fundação da Fraternidade Espírita Amor & Caridade: Ser uma obra de natureza filantrópica, tendo como atividade principal a manutenção de estudos relacionados a doutrina espírita e o auxílio aos mais necessitados.

         O sonho de Osmar Barbosa, a realização de uma obra de verdadeira beneficência. Sob sua égide de nobres propósitos, inspirado pelo espírito de Nina Brestonini e demais mentores, para que se aprofundasse no amparo aos mais necessitadas. Neste momento fica estabelecida e traçada, a vocação desta parceria de luz dando a Fraternidade Espirita Amor e Caridade o alicerce básico e principal de sua organização: a prática da caridade.

        Nos primeiros tempos, a ideia fundamental da nossa organização seguiu o foco norteador de prestar assistência à pessoas desamparadas, e como fiel servidor e apóstolo do bem, Osmar Barbosa, sem poupar esforços, com o apoio incansável de sua esposa Michelle, segue o seu nobre mandato e materializa os desígnios do alto. Buscando sempre o auxílio a seus semelhantes.

      A Fraternidade Espírita Amor e Caridade acaba de inaugurar o primeiro Hospital Espírita de Niterói, onde milhares de pacientes são assistidos pela falange de médicos oriundos da Colônia Espiritual Amor e Caridade, e amparados pela falange do Dr. Bezerra de Menezes.

      Nossa Instituição vive de doações principalmente de pessoas físicas, simpatizantes da nossa obra, e graças a esses irmãos, consegue manter hoje serviços à comunidade, totalmente gratuitos, visando a proteção da criança, do adolescente e do idoso, assim como as suas famílias carentes.